Translate

jueves, 3 de abril de 2008

Jovens refletem sobre direitos e definem tema da jornada ecumênica

Um grupo de jovens de várias organizações que integram o Fórum Ecumênico Brasil reuniu-se no último sábado, 29, no Rio de Janeiro, para refletir sobre os direitos juvenis, e a partir desse eixo definir a agenda de atividades da Rede Ecumênica de Juventude do Sudeste. A iniciativa do Fórum Ecumênico Brasil é facilitada por Koinonia, organização não governamental que desenvolve programas, como saúde e direitos, trabalhadores rurais, diálogo ecumênico e comunidades quilombolas.

O projeto Rede Ecumênica da Juventude é apoiado pela Coordenadoria Ecumênica de Serviços - CESE, e tem como proposta formar uma rede jovem ecumênica em favor dos direitos juvenis durante o triênio 2008-2010. Na reunião, a Pastoral de Juventude Evangélica do Conselho Latino Americano de Igrejas - CLAI compartilhou a perspectiva do trabalho com os jovens das igrejas e a recente experiência no Conselho Nacional de Juventude. O assessor de programas de Koinonia, Jorge Atílio, expôs em tom de conversa sobre o que ele define ‘sócio-metabolismo do capitalismo’, termo que conjuga um conjunto de ações que tornam as sociedades mais desiguais, propiciando a violação de direitos. É nesse sentido, que Atílio fala dos direitos distributivos e da urgência dos direitos juvenis por meio dos próprios jovens.


No encontro foi escolhida como facilitadora regional do sudeste, Cíntia Maria da Silva, que representa o Programa de Educação e Formação Comunitária - Profec. O facilitador nacional que responde por todas as redes regionais é Daniel Evangelista. Na ocasião também foi definido o tema da próxima jornada ecumênica da região sudeste “Educação, Ecumenismo e Direitos Humanos”. O grupo interdisciplinar e a coordenação da rede conversaram sobre Políticas Públicas para Juventude e planejaram para este ano os encontros de formação.
A Rede Ecumênica da Juventude do Nordeste já está formada e realizou uma jornada no ano passado, e definiu para 2008 as ênfases educação, cultura, transporte e ação política da juventude. O próximo passo é formar a rede da região sul, que já está em processo de constituição.



Reunião da coordenação no Rio de Janeiro, em Koinonia

No Brasil, a Rede Ecumênica de Juventude é composta por jovens dos movimentos sindical, agrário, cultural, saúde, estudantil, teológico, religioso, afrodescendente e cristão. O Fórum Ecumênico é parte do Fórum Ecumênico Latino Americano.

Na reunião estiveram presentes representantes da Igreja Presbiteriana Independente, Pastoral de Juventude Evangélica do CLAI Brasil, Comissão Pastoral da Terra, estudantes de teologia de São Bernardo do Campo, Igreja Presbiteriana Unida, Programa de Educação e Formação Comunitária, Pré-vestibular para Negros e Carentes, Federação de Trabalhadores na Agricultura. O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs também é membro do Fórum, e participa através da Comissão de Juventude.

1 comentario:

Zololkis dijo...

SECURITY CENTER: Look Please Here